O que é Ponte… nas Ondas?

  • pt-pt
  • gl
  • es
  • en

A PONTE… NAS ONDAS! é uma associação cultural e pedagógica que, desde 1995, realiza atividades educativas e culturais na Galiza e no norte de Portugal. Entre os fins da associação estão a promoção de atividades culturais e pedagógicas, assim como a promoção da identidade comum dos dois povos no âmbito de uma perspetiva geral de integração europeia e do mundo lusófono. A estas finalidades acrescentou-se no ano 2002 o compromisso de trabalhar na recuperação e difusão do património cultural comum a galegos e portugueses.

Graças à cooperação entre escolas de ensino básico e ensino secundário, ao longo de mais de duas décadas, realizaram-se atividades desde os estabelecimentos de ensino das duas margens do rio Minho, construindo uma ponte de comunicação que atravessa a fronteira de dois territórios e descobrindo um património comum partilhado pela antiga Gallaecia.

Em 2001, a Associação abraçou o projeto da UNESCO “A Rota do Escravo” para, a partir do ano 2002, centrar as suas ações no património imaterial.

Neste contexto, impulsada pelas primeiras proclamações das Obras Mestras do Património Oral e Imaterial, promoveu-se a primeira Candidatura do Património Imaterial Galaico-Português.

A proposta da candidatura foi apresentada aos governos de Portugal e de Espanha por uma comissão de professores e assessores da associação logo de um importante trabalho de campo, de documentação, investigação e de um intenso labor de divulgação realizado pelas escolas da Eurorregião Galiza-Norte de Portugal. Posteriormente, em 2004, realizou-se a entrega da Candidatura em Paris em conjunto com a representação diplomática de Portugal e Espanha na UNESCO.

Com a entrada em vigor da Convenção do Património Cultural Imaterial, o trabalho da PNO! continua centrado na preservação, difusão e transmissão deste património comum, para o que organiza diversas atividades: mostras de património, concursos escolares de recolha do património oral, congressos, jornadas pedagógicas, encontros com pessoas portadoras, etc.

Ao longo destas duas décadas, a PNO! foi construindo uma rede de pessoas, escolas, universidades e instituições que procuram o reconhecimento do Património Imaterial Galaico-Português no mundo.